home Voltar ao site
Navegação
Fale Conosco
  • location_on

    São Paulo - Matriz R. Buriti Alegre, 525 Vila Ré . São Paulo . SP CEP: 03657-000 - Tel: 11 2023-9999

    Goiânia - Filial End. Décima Segunda Avenida, 321 A QD-60 LT-14 Setor Leste Universitário . Goiania . GO CEP: 74603-020 - Tel: 62 3926-8100

    Rio de Janeiro - Filial End. Rua Gildásio Amado, 55 . 6º andar sala 607 . Barra da Tijuca . Rio de Janeiro . RJ . CEP: 22631-020 - Tel: 21 3176-5950

    Tocantins - Filial End. 303 . Sul . Av LO 09 . Lote 21 . Sala 03 . Plano Diretor Sul . Edifício Bastos . Piso Superior . Palmas . TO . CEP: 77015-400 - Tel.: 63 3026.2354

    Belo Horizonte - Filial Rua Araguari. 358 . Térreo . Loja 03 . Barro Preto . MG . CEP: 30190-110 - Tel.: 31 3526.8870

Deixe sua Mensagem

    CONTRIBUIÇÃO SINDICAL LABORAL

    Contribuição sindical não poderá ser descontada em folha do empregado

    A fim de esclarecer eventuais dúvidas advindas da recente publicação da Medida Provisória nº 873, de 1° de março de 2019, informa-se:

    A referida Medida Provisória nº 873/2019, publicada pelo Governo Federal no último dia 1° de março do corrente ano, que trata das contribuições sindicais da categoria profissional e econômica, altera os artigos 545, 578, 579, 579-A e 582 da CLT, estabelecendo que a contribuição sindical só será devida nas seguintes condições:

    •    O empregado deverá requerer o pagamento da contribuição sindical, autorizando de forma prévia, voluntária, individual e expressa (por escrito), conforme dispõe o artigo 579 da CLT;

    •    A autorização deverá ser feita de forma individual e diretamente para o sindicato, ou seja, não existe mais qualquer ingerência da empresa no desconto e repasse das contribuições dos trabalhadores em favor do sindicato profissional;

    A contribuição dos empregados que autorizarem, prévia e expressamente, o recolhimento da contribuição sindical será feita exclusivamente por meio de boleto bancário ou equivalente eletrônico, que será encaminhado obrigatoriamente à residência do empregado ou, na hipótese de impossibilidade de recebimento, à sede da empresa.

    Com isso, a partir de agora, o controle das contribuições profissionais fica a cargo exclusivamente do sindicato da categoria laboral, que deverá manter controle rígido da autorização prévia, voluntária, individual e expressa do empregado.

     

    Fonte: Sincopetro

    4/5 - (1 vote)

    Não perca mais nenhum post!

    Assine nosso blog e receba novos posts frequentemente em seu email.