home Voltar ao site
Navegação
Fale Conosco
  • location_on

    São Paulo - Matriz R. Buriti Alegre, 525 Vila Ré . São Paulo . SP CEP: 03657-000 - Tel: 11 2023-9999

    Goiânia - Filial End. Décima Segunda Avenida, 321 A QD-60 LT-14 Setor Leste Universitário . Goiania . GO CEP: 74603-020 - Tel: 62 3926-8100

    Rio de Janeiro - Filial End. Rua Gildásio Amado, 55 . 6º andar sala 607 . Barra da Tijuca . Rio de Janeiro . RJ . CEP: 22631-020 - Tel: 21 3176-5950

    Tocantins - Filial End. 303 . Sul . Av LO 09 . Lote 21 . Sala 03 . Plano Diretor Sul . Edifício Bastos . Piso Superior . Palmas . TO . CEP: 77015-400 - Tel.: 63 3026.2354

    Belo Horizonte - Filial Rua Araguari. 358 . Térreo . Loja 03 . Barro Preto . MG . CEP: 30190-110 - Tel.: 31 3526.8870

Deixe sua Mensagem

    Medida provisória que reduz alíquota do ICMS sobre os combustíveis no Tocantins e publicada pelo Governo do Tocantins

    banner 06 Medida provisória TO - Medida provisória que reduz alíquota do ICMS sobre os combustíveis no Tocantins e publicada pelo Governo do Tocantins

    Foto: Divulgação

    Texto tirou a gasolina e o etanol da lista dos produtos com alíquota de ICMS de 27%. Secretaria da Comunicação explicou que a MP tem efeito imediato e impõe que as alíquotas sejam de 18%.

    O governo do Tocantins publicou nesta segunda-feira (4) uma Medida Provisória que trata sobre o ICMS da gasolina e do etanol.

    O texto assinado pelo governador Wanderlei Barbosa (Republicanos) e publicado no Diário Oficial retirou os dois combustíveis da lista de produtos com alíquota de 27% no código tributário estadual. 

    A Secretaria de Estado da Comunicação explicou que a MP tem efeito imediato e impõe que as alíquotas sejam de 18%. 

    Conforme a lei federal publicada no final de junho, o diesel, gasolina, energia elétrica, comunicações e transporte coletivo passaram a ser classificados como essenciais, limitando a cobrança do ICMS entre 17 e 18%.

    A medida provisória do governo não menciona a energia elétrica, comunicações e transporte coletivo, que também tiveram o percentual do imposto limitado pelo governo federal. Conforme a redação atual do código tributário do Tocantins, o ICMS sobre a energia é de 25%, enquanto nos serviços de comunicação o percentual é de 27%.

    Na semana passada o governador Wanderlei Barbosa prometeu que iria acatar a lei federal e reduzir o imposto sobre os combustíveis. “Nós vamos fazer imediatamente. Eu acredito que não haverá prejuízo significativo para o estado em termos de arrecadação e nós vamos melhorar para nossa população”, disse.

    Naquela ocasião o Sindicato dos postos afirmou que atualmente a alíquota cobrada sobre a gasolina e o álcool chegava a 29%. A redução do imposto não deve afetar o preço diesel, cujo percentual do ICMS já é de 17%.

    Na última semana o estado tem registrado queda nos preços desde que houve corte nos impostos federais. A gasolina, por exemplo, pode ser encontrada em Palmas a partir de R$ 6,49 conforme a última pesquisa do Procon. Na semana passada o preço atingiu R$ 7,89.

    Fonte: https://www.agenciatocantins.com.br/noticia/49417/medida-provisoria-que-reduz-aliquota-do-icms-sobre-os-combustiveis-no-tocantins-e-publicada-pelo-governo-do-tocantinsPor: Alex Paulo Guimarães – Redação | Agência Tocantins

    4.5/5 - (23 votes)

    Marcadores:

    Não perca mais nenhum post!

    Assine nosso blog e receba novos posts frequentemente em seu email.

      Comentários