home Voltar ao site
Navegação
Fale Conosco
  • location_on

    São Paulo - Matriz R. Buriti Alegre, 525 Vila Ré . São Paulo . SP CEP: 03657-000 - Tel: 11 2023-9999

    Goiânia - Filial End. Décima Segunda Avenida, 321 A QD-60 LT-14 Setor Leste Universitário . Goiania . GO CEP: 74603-020 - Tel: 62 3926-8100

    Rio de Janeiro - Filial End. Rua Gildásio Amado, 55 . 6º andar sala 607 . Barra da Tijuca . Rio de Janeiro . RJ . CEP: 22631-020 - Tel: 21 3176-5950

    Tocantins - Filial End. 303 . Sul . Av LO 09 . Lote 21 . Sala 03 . Plano Diretor Sul . Edifício Bastos . Piso Superior . Palmas . TO . CEP: 77015-400 - Tel.: 63 3026.2354

    Belo Horizonte - Filial Rua Araguari. 358 . Térreo . Loja 03 . Barro Preto . MG . CEP: 30190-110 - Tel.: 31 3526.8870

Deixe sua Mensagem

    Ministério do Trabalho cria alternativa para contratação de aprendizes em empresas; confira

    O Ministério do Trabalho (MTb) divulgou, em julho, no Diário Oficial da União (DOU) a Instrução Normativa nº 146/2018, que estabelece e dispõe sobre a fiscalização e cumprimento das normas relativas à aprendizagem profissional. Em suma, o documento reafirma as regras já estabelecidas pela CLT em seu artigo 429, além de criar uma nova possibilidade para contratação de aprendizes.

    A novidade, segundo o art. 39 da IN 146/18, dá-se pela possibilidade, a partir de então, de o estabelecimento contratar aprendizes em um procedimento que flexibiliza a matricula dos jovens e adolescentes nas instituições de ensino credenciadas. Até então, a lei exigia que o contratado fosse matriculado exclusivamente no Sistema Nacional de Aprendizagem (Senai, Senac, Senat etc.) ou escolas técnicas e agrotécnicas de educação.

    De acordo com o Parágrafo 3º do art.39, esta nova possibilidade de contratação somente poderá acontecer mediante assinatura de termo de compromisso entre o estabelecimento e o Auditor-Fiscal do Trabalho responsável pela ação fiscal na respectiva unidade descentralizada do MTb. Confira a localização das gerências regionais do trabalho em MG: http://trabalho.gov.br/rede-de-atendimento/rede-de-atendimento-do-trabalho/rede-mg.

    Este termo de compromisso supracitado deve prever a obrigatoriedade de contratação de aprendizes ”em situação de vulnerabilidade ou risco social”, entre eles:

    · Jovens egressos do sistema socioeducativo ou em cumprimento de medidas socioeducativas;

    · Jovens em cumprimento de pena no sistema prisional;

    · Jovens e adolescentes cujas famílias sejam beneficiárias por programas de transferência de renda (Ex.: Bolsa Família);

    · Jovens e adolescentes matriculados na rede pública de ensino, em nível fundamental, médio regular ou médio técnico, inclusive na modalidade EJA e;

    · Jovens desempregados e com ensino fundamental ou médio concluído na rede pública.
    O Minaspetro recomenda a leitura da IN 146/18, na íntegra, para pleno conhecimento das novas regras estabelecidas. O documento está disponível no site do Minaspetro, na seção Serviço –> Leis e Portarias, ou clicando diretamente aqui.

    Dúvidas sobre esta nova legislação trabalhista poderão ser esclarecidas pelo Departamento Jurídico Trabalhista do Sindicato. Contatos: (31) 2108-6500 – 0800 005 6500.

    eSocial

    É importante lembrar que o eSocial já é válido para empresas de “médio porte” (faturamento até R$ 78 mi/ano). A fiscalização do cumprimento das obrigações trabalhistas, inclusive a contratação de aprendizes, será muito mais dinâmica e eficaz para o MTb, uma vez que as informações disponibilizadas pelo estabelecimento estarão disponíveis para verificação por parte dos órgãos trabalhistas.

    Fonte: ASCOM Minaspetro

    Rate this post

    Não perca mais nenhum post!

    Assine nosso blog e receba novos posts frequentemente em seu email.