home Voltar ao site
Navegação
Fale Conosco
  • location_on

    São Paulo - Matriz R. Buriti Alegre, 525 Vila Ré . São Paulo . SP CEP: 03657-000 - Tel: 11 2023-9999

    Goiânia - Filial End. Décima Segunda Avenida, 321 A QD-60 LT-14 Setor Leste Universitário . Goiania . GO CEP: 74603-020 - Tel: 62 3926-8100

    Rio de Janeiro - Filial End. Rua Gildásio Amado, 55 . 6º andar sala 607 . Barra da Tijuca . Rio de Janeiro . RJ . CEP: 22631-020 - Tel: 21 3176-5950

    Tocantins - Filial End. 303 . Sul . Av LO 09 . Lote 21 . Sala 03 . Plano Diretor Sul . Edifício Bastos . Piso Superior . Palmas . TO . CEP: 77015-400 - Tel.: 63 3026.2354

    Belo Horizonte - Filial Rua Araguari. 358 . Térreo . Loja 03 . Barro Preto . MG . CEP: 30190-110 - Tel.: 31 3526.8870

Deixe sua Mensagem

    Americanas vai usar marca ‘Local’ para Lojas de Conveniência

    Vemos como potencial ter três mil lojas de conveniência no país mais a longo prazo. A Lojas Americanas, maior rede de departamentos do país, informou que irá chamar suas lojas de conveniência de “Local”.

    Lojas de conveniência

    A varejista abriu duas unidades com esse modelo neste ano, de um total de nove pontos em operação. A empresa pretende colocar em funcionamento 30 lojas de conveniência da nova rede em 2018, em São Paulo e no Rio de Janeiro. “Vemos como potencial ter três mil [lojas de conveniência] no país mais a longo prazo”, disse o diretor de relações com investidores, Carlos Padilha. A companhia ainda estuda abrir franquias para lojas de conveniência no país, mas não deu maiores detalhes a respeito. Outro projeto é a abertura em hospitais, escolas e empresas, considerando que a que a área necessária para esse modelo de loja é pequeno, “do tamanho de um apartamento”, disse o executivo. O foco da expansão da rede Local são lojas de rua, apesar do interesse dessas parcerias em outras companhias. Questionado sobre hipótese de aceleração de lojas “premium”, o comando disse que não há projeto de aumentar investimentos nessa área. ” O momento atual não é para investimento em lojas ‘premium’”, disse Padilha. O executivo mencionou que entre os objetivos está a expansão em postos de combustível. “Nós temos uma loja de conveniência em posto na Barra [da Tijuca, no Rio], então você pode ver que achamos o modelo interessante”, disse.

    O Valor informou nesta semana que há negociações em andamento entre a Lojas Americanas e a BR Distribuidora para a aquisição da área de conveniência da rede de postos

    Novo Formato – No final de 2016, a rede já lançou um novo formato de loja, “com tamanho reduzido e produtos cuidadosamente selecionados e voltados para conveniência alimentar como laticínios, sanduíches, salgados, alimentos pré-preparados e congelados, cafés, cervejas, vinhos, entre outros”, informa. A primeira loja neste conceito foi inaugurada no bairro do Leme. A implementação deste novo formato vem permitindo a adoção de entrega just in time e otimização de processos operacionais”, informa.

    Esse mercado apresenta grande potencial de crescimento no Brasil quando comparado com as médias globais. O segmento de conveniência representa 16% do varejo total no país, enquanto no mundo alcança patamar de 22%”, informa. No Brasil, a quantidade de lojas de conveniência em relação ao total de lojas varejistas é metade da média global, segundo diz a companhia. “Acreditamos que o potencial de mercado somado à capacidade logística e de execução da companhia torna-se uma grande oportunidade de geração de valor”

    Franquias – A Lojas Americanas estuda adotar o modelo de franquias para ajudar a expansão de suas lojas de conveniência a partir de 2019, após crescimento orgânico deste ano, com previsão de abertura de 30 unidades, disse na última sexta-feira (13/05) o diretor financeiro da empresa, Carlos Padilha. O executivo disse ainda que a empresa estuda parcerias com escolas e hospitais para expandir os lugares de implementação de lojas de conveniência. Sobre a possibilidade da empresa expandir os negócios para postos de gasolina, Padilha disse que a empresa já possui uma unidade e, portanto, considera o modelo interessante.“É factível sim, a gente inclusive tem um posto na Barra da Tijuca (RJ)”, disse o executivo ao responder questionamento de um analista sobre o eventual interesse da empresa em expandir para essa área de atuação.

    Fonte: Brasil Postos / Valor Econômico.

     

    Rate this post

    Marcadores:

    Não perca mais nenhum post!

    Assine nosso blog e receba novos posts frequentemente em seu email.