home Voltar ao site
Navegação
Fale Conosco
  • location_on

    São Paulo - Matriz R. Buriti Alegre, 525 Vila Ré . São Paulo . SP CEP: 03657-000 - Tel: 11 2023-9999

    Goiânia - Filial End. Décima Segunda Avenida, 321 A QD-60 LT-14 Setor Leste Universitário . Goiania . GO CEP: 74603-020 - Tel: 62 3926-8100

    Rio de Janeiro - Filial End. Rua Gildásio Amado, 55 . 6º andar sala 607 . Barra da Tijuca . Rio de Janeiro . RJ . CEP: 22631-020 - Tel: 21 3176-5950

    Tocantins - Filial End. 303 . Sul . Av LO 09 . Lote 21 . Sala 03 . Plano Diretor Sul . Edifício Bastos . Piso Superior . Palmas . TO . CEP: 77015-400 - Tel.: 63 3026.2354

    Belo Horizonte - Filial Rua Araguari. 358 . Térreo . Loja 03 . Barro Preto . MG . CEP: 30190-110 - Tel.: 31 3526.8870

Deixe sua Mensagem

    PL que cassa alvará de postos com combustíveis adulterados é sancionado por prefeito de Goiânia

    PL que cassa alvará de postos com combustíveis adulterados é sancionado por prefeito de Goiânia

    Sancionado Prefeito Goiania - Plumas Contabilidade para Postos de Combustíveis - PL que cassa alvará de postos com combustíveis adulterados é sancionado por prefeito de Goiânia

    PL que cassa alvará de postos com combustíveis adulterados é sancionado por prefeito de Goiânia

    Um Projeto de Lei (PL) que cassa o alvará de funcionamento e a licença ambiental de postos de combustíveis de Goiânia que comercializam combustíveis adulterados foi sancionado pelo prefeito Iris Rezende (MDB). A proposta é de autoria da vereadora Tatiana Lemos (PCdoB).

    O texto diz que, com o alvará cassado, o estabelecimento fica proibido de obter novo documento para o mesmo ramo em um período de cinco anos. Além disso, a inscrição para o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) fica embargada por um ano.

    Outro ponto previsto no projeto é a fiscalização das bombas, para que não apresentem quantidade de abastecimento maior do que de fato foi. O combustível é considerado adulterado quando apresenta alteração no padrão de qualidade de acordo da Agência Nacional de Petróleo (ANP).

    Caso a infração seja constatada, um processo administrativo é instaurado. Com duração de 60 dias, o responsável pode se defender. Entretanto, o estabelecimento fica interditado. A fiscalização é de responsabilidade do Procon.

    *Larissa Lopes é integrante do programa de estágio do convênio entre Ciee e Mais Goiás, sob orientação de Hugo Oliveira

    Fonte : www.emaisgoias.com.br

    Rate this post

    Marcadores:

    Não perca mais nenhum post!

    Assine nosso blog e receba novos posts frequentemente em seu email.

      Comentários