Notícias - Plumas Contábil

Área do Cliente

Acesso restrito

Esqueceu a senha?

Banco Central limita tarifa nas transações via cartão de débito; medida vale a partir de hoje

Publicado em 01/out/2018 -

bancoCentral

A modernização dos meios de pagamento no Brasil, nos últimos anos, representou um benefício geral para o comércio, especialmente no setor varejista. Entretanto, um grande vilão de segmentos com grande volume de transações diárias – como os postos de combustíveis – são as taxas cobradas pelas empresas adquirentes nas transações de crédito e débito.

A  boa notícia é que, a partir desta desta segunda-feira, 1º de outubro, este cenário pode mudar. De acordo com a Circular nº 3887, do Banco Central do Brasil (Bacen), publicada ainda em março deste ano, o órgão passou a regular a tarifa de intercambio nas transações de débito, o que pode ajudar na queda das taxas praticadas até então.

Esta regulação determina que os bancos emissores de cartão não poderão cobrar mais de 0,80% de tarifa de intercâmbio, sendo que a tarifa média praticada nesta etapa do mercado deve cair para 0,50% do valor da transação, segundo expectativa do Bacen.

Mas atenção! Para que a medida do Banco Central seja positiva para o comércio é imprescindível que as empresas adquirentes (Rede, Getnet, Cielo, Stone, etc.) repassem esse desconto para os estabelecimentos clientes, já que a tarifa de intercâmbio não é a única taxa incidente durante todo o processo de transações via cartões de débito.

Fonte:  ASCOM Minaspetro


0 Comentários

Os comentários estão fechados.

Mantenha-se Informado

Cadastre-se agora mesmo e receba as últimas notícias fiscais e trabalhistas.