Notícias - Plumas Contábil

Área do Cliente

Acesso restrito

Esqueceu a senha?

Mudança da SEFAZ pode afetar sites de consulta de Notas Fiscais que usam chave de acesso.

Publicado em 07/nov/2017 -

Sefazmud1As empresas ou escritórios de contabilidade que utilizam sites de consulta ou recuperação à Notas Fiscais por meio de chave de acesso poderão ter problemas em breve!

Acontece que algumas empresas que oferecem serviços de consulta de Notas Fiscais do site da SEFAZ, utilizam meios de burlar um dispositivo de segurança que impede que computadores façam essa consulta, isso se chama “quebra de captcha”. E isso não será mais possível graças a atualização feita essa semana.

Mudança no validador de consulta

O CAPTCHA foi criado para que as pessoas possam comprovar para um computador que ele é humano e não outro computador. É a famosa sopa de letrinhas que temos que digitar. Veja abaixo um exemplo da SEFAZ:
Sefazmud2.jpg(antiga consulta da SEFAZ)
No final de semana do dia 21 de outubro, houve uma mudança que não permite mais a consulta por meio de “quebra de captcha”. A SEFAZ, agora, está utilizando o captcha do Google! Veja abaixo como ele funciona:

Sefazmud3.jpg


Com essa mudança no captcha, não é mais possível utilizar software que “engana” a consulta e “adivinha” os caracteres que aparecem aleatoriamente. A consulta realizada pelo captcha do Google, pede cliques ao invés de digitação. No exemplo acima, o usuário precisa clicar na caixa “não sou um robô”.

Essa nova maneira de provar que VOCÊ NÃO É UM ROBÔ, irá dificultar muito, para não dizer que tornará impossível a maneira com que diversos sites e ferramentas realizam a consulta NFe na SEFAZ.

Existe alternativa para não ficar na mão!

O Arquivei é uma das alternativas do mercado que não será afetada pois usa o serviço específico para consulta de notas que a própria SEFAZ disponibiliza! Ou seja, com o Arquivei, você não corre o risco de ficar sem consultar suas Notas Fiscais por conta da mudança de segurança no site da Secretaria da Fazenda.

Se você é dependente de um sistema que usa apenas as chaves de acesso para consultar Notas Fiscais, fica o convite para você experimentar o Arquivei Gratuitamente.

Em outras palavras, as empresas e escritórios contábeis que usam o Arquivei estão seguros. Isso porque a consulta, download e arquivamento de documentos fiscais tem integração direta com a SEFAZ, sem necessidade de “quebra de captcha” ou da chave de acesso.

Fica a nossa dica

Soluções que consultam documentos fiscais pelo serviço específico disponibilizado pela SEFAZ, como o Arquivei, são importantes para não correr riscos de ter seu trabalho interrompido de repente por mudanças em quesitos de segurança.

As implicações por não ter uma gestão de notas fiscais eficaz e eficiente são muitas e pode gerar muito prejuízo para as empresas: multas, falta de escrituração de notas, rotinas contábeis e fiscais afetadas, perda de tempo e atraso de pagamentos são só alguns.

O Arquivei

A solução em documentos fiscais Arquivei permite que sua empresa realize consultas, downloads e arquivamento de documentos fiscais que a própria SEFAZ disponibiliza.

Ou seja, o Arquivei, além das muitas vantagens é seguro e não corre riscos com a mudança da SEFAZ! Veja um exemplo de uma consulta:

Sefazmud5

Conectado à Secretaria da Fazenda, o Arquivei ainda permite a baixa automática de todas as NFes e CTes emitidas para um determinado CNPJ e armazena-as em XML e DANFe no Painel de Gestão de Notas.

– Tenha todas as notas fiscais antes mesmo do produto chegar
– Relatórios, filtros e buscas inteligentes por qualquer conteúdo das notas
– Não dependa de e-mails para receber os XMLs das Notas Fiscais Eletrônicas e Conhecimentos de Transporte
– Monitore e centralize documentos fiscais como NFes, CTes e NFSes no Painel de Gestão de Notas
– Fechamento do mês em cliques
– Filtros e buscas inteligentes por qualquer conteúdo da nota.

Simples, rápido e seguro.

Experimentar Grátis!


0 Comentários

Os comentários estão fechados.

Mantenha-se Informado

Cadastre-se agora mesmo e receba as últimas notícias fiscais e trabalhistas.